Assine a Newsletter

  • Receba todas as novidades semanalmente no seu e-mail!
 
 

Canoas promove ações de conscientização no Dia da Visibilidade Trans

Quem passou pelo Calçadão de Canoas nesta quarta-feira (29) teve a oportunidade de conhecer e aprender sobre transexualidade. Isso porque um espaço foi montado no local para promover uma ação alusiva ao Dia Nacional da Visibilidade Trans. A data, instituída em 2004 pelo Ministério da Saúde, foi utilizada para levar ao público um espaço de conscientização sobre a temática.

O evento foi promovido pela Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Participação Social (SMDHPS) em parceria com a equipe do Ambulatório LGBT do município. Na ocasião, foram distribuídos preservativos e materiais informativos voltados à saúde, orientações ao público e houve uma apresentação sobre o assunto. E nem mesmo a chuva influenciou na empolgação da drag queen e ativista Tiffany CJ, que realizou a performance para destacar a causa ao som de “Maria, Maria”, interpretada por Elis Regina.

E a necessidade de evidenciar a luta da população trans, inclusive, esteve presente na fala do diretor de Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais da SMDHPS, Saulo Gil. Segundo ele, a busca por representatividade, diante de um contexto de preconceito, deve receber visibilidade. “Quando acontece de o Brasil ser o país que mais mata LGBTs e pessoas trans no mundo, é importante que tenhamos ações como essa”, explica.

As estatísticas de crimes motivados por ódio também são destacadas pela Miss Trans Canoas 2019, Lavínia Silva. Representante da Corte da Diversidade eleita em novembro, ela diz que é uma honra poder ser porta-voz da comunidade trans dentro do município. “É de suma importância dar visibilidade às travestis e transexuais, e não apenas no dia 29 de janeiro, mas todos os dias, pois resistimos pela nossa existência no país”, pontua ela.

O secretário dos Direitos Humanos e Participação Social, Roberto Tietz, também chamou atenção para a relevância do dia. De acordo com ele, é importante, em um clima de polarização nacional, que o poder público atue na conscientização em todas as oportunidades possíveis. “A soma dos muitos eventos que fazemos, o trabalho de formiguinha, tirando a radicalidade das pessoas, é o que buscamos”, ressaltou.

Cine Diversidade também foi atração

As atividades da quarta-feira foram encerradas no auditório Sady Schivitz, na sede da Prefeitura, com a 3ª edição do Cine Diversidade, que exibiu o documentário “(Com) Vivências”, de Mônica de Souza Chaves. A obra, que retrata a vida de mulheres trans da Região Metropolitana de Porto Alegre, foi tema de uma roda de conversa realizada na sequência. Os participantes debateram sobre a produção do documentário, a situação da comunidade na região e sobre visibilidade e representatividade.

Ambulatório LGBT é aliado no trabalho de atenção a pessoas trans

Inaugurado em 2017, o local faz parte da política municipal de Atenção Integral à Saúde da População LGBT, que busca o respeito aos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Segundo a psicóloga Jaqueline Batista, que atua na coordenação do Ambulatório, uma das principais bandeiras levantadas é a prevenção. “O objetivo é fazer um acompanhamento do processo transexualizador, trabalhando na prevenção da saúde, e este tipo de ação nos faz perceber que existem serviços integrados, que somos uma rede de trabalho”. salienta.

O Ambulatório LGBT fica no anexo da Clínica de Saúde do Idoso, na avenida Guilherme Schell, nº 6184, no Centro.

Assessoria de Comunicação – Prefeitura Municipal de Canoas

Postagemns Relacionadas

Curso de Dicção e Orat...
A política negra começou com toda a força o ano de 2017 por meio da parceria entre a FUGRS e o PMDB Afro do
Canoas inaugura última f...
A Prefeitura de Canoas promoveu neste domingo (2), dia em que se comemora Iemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes, a inauguração da segunda e
PEC do Duodécimo
             Não vi os críticos de plantão falarem do que aconteceu no Estado nessa madrugada, os mesmos que com
Cadastro do Povo de Terre...
No dia de hoje saiu na Gaúcha ZH (link abaixo) e no Diário Gaúcho, matéria sobre o Cadastro do Povo de Terreiro, realizado pela
SÃO SONHADORES E IDEALIS...
     Muitos devem se perguntar para que serve o movimento estudantil. Na verdade são poucos os que sabem e reconhecem o valor desses
Caminhada de Oxóssi da F...
No último dia 20 de Janeiro, participei da caminhada de Oxóssi da Fauers, em parceria com a Diretoria da Diversidade da Prefeitura de Canoas.
Terceira via é possível...
As eleições presidenciais se aproximam, e com ela uma dúvida latente:  é possível num cenário tão polarizado, uma terceira via se consolidar como alternativa
Seminário da 10º Ediç...
Na noite de ontem (29/10), ocorreu o Seminário da 10º Edição do Miss e Mister Diversidade, com a presença de candidatos, acompanhantes, membros da
Segurança Pública no Ba...
Na última quinta (12), participei de uma reunião para debater a segurança pública no Bairro Fátima em Canoas. Me senti muito feliz em perceber
Fala de Saulo Gil na V Co...

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.