Assine a Newsletter

  • Receba todas as novidades semanalmente no seu e-mail!
 
 

PORQUE O JOVEM BRANCO ESQUECEU

Acusaram-me de pai de Santo
 Nunca fui e quem me dera!
 Ser nagô,  Agê,
  Candomblé, ou Nação.
 Nem maracatu fui..
 Menos ainda fazer
 nesta terra de Deus
 regada pelo suor
  e pelo sangue também
 de quem ajudou
 a construir,
 a fazer,
  ou a ser nação.
Negro velho contou estórias
 Que o branco esqueceu.
 Esqueceu do leite 
 que o nutriu, 
 dos medos que demonstrou,
 acalentado pelo colo
 da africana mãe.
Quem me dera 
 poder demonstrar,
 estudar e escrever
 sobre essa raça
 Ora tão miscigenada
 nos olhos 
 claros ou negros, 
 na pele bronzeada,
 no cabelo
 liso ou encrespado
 no gingado moreno
 que o preto velho narrou
 e o jovem branco esqueceu.

´er´rmr..
Saulo da Silva Gil

Postagemns Relacionadas

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL
O fórum social mundial mostra toda sua importância no cenário político, social e cultural. Firmando mais uma vez que Outro Mundo é Possível, a
CORTE DA DIVERSIDADE ENTR...
No último dia 07 de dezembro, a Corte da Diversidade, juntamente com o secretário adjunto de Cultura, Rubielson Medeiros e do Diretor das Políticas das Diversidades
FAROL LIGADO!
Dia da Visibilidade Trans...
O Dia Nacional da Visibilidade Trans, comemorado nesta terça-feira (29), foi criado pelo Ministério da Saúde, em 2004, para o reconhecimento à dignidade de
SABER PARA VENCER –...
     Nos dias 21 e 22 de Junho, estive a convite do amigo Marco Rosa, Coordenador de Formação Política da FUG – Fundação
DIVERSIDADE RELIGIOSA NA ...
No último dia 14/11 fui convidado para palestrar sobre Diversidade Religiosa na semana da Consciência Negra da E.M.E.F. Max Oderich. Agradeço a direção da
Reunião preparatória pa...
Reunião preparatória para o Quadrangular de Vôlei LGBT de Canoas, uma parceria da Battel Force Vôlei, Diretoria da Diversidade e Secretaria de Esporte e
PROGRAMA VIVI NA TV
Na última quarta (06), acompanhado de minha esposa Ivana Gil, fui ao Programa Vivi na TV receber os brindes que ganhei em sorteio e
MATRIZ AFRICANA
Na tarde de ontem (10), me reuni com meu amigo Babalorixá Marco Bittencourt de Ogum Onira. Na oportunidade conversamos sobre respeito à liberdade religiosa
E O TRABALHO CONTINUA
Na tarde de sábado (16), tivemos mais uma reunião de trabalho! Agradeço todos pelo comprometimento! FORÇA, FOCO E FÉ.  

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.