Assine a Newsletter

  • Receba todas as novidades semanalmente no seu e-mail!
 
 

SÃO SONHADORES E IDEALISTAS OS QUE FAZEM MOVIMENTO ESTUDANTIL

     Muitos devem se perguntar para que serve o movimento estudantil. Na verdade são poucos os que sabem e reconhecem o valor desses participantes nessas atividades. Muitas vezes são chamados de loucos, rebeldes, sonhadores, idealistas e até mesmo de desocupados, ou seja, que não trabalham e passam o dia em função disso; outros dizem que eles só querem vender camisetas e fazer festinhas.

Quando entram em sala de aula seus próprios colegas os ignoram na maioria das vezes, mas eles nunca desistem. São determinados, persistentes e, grande número de quem os observa não entende o porquê.

Poucos sabem que muitos deles trabalham, são estudantes e, no pouco tempo que têm, eles formam grupos para discutirem melhorias, expressarem suas idéias, reivindicações e tentarem conscientizar os outros que estão a sua volta do que acontece ou até do que pode vir a acontecer, caso não exista uma organização que lhes alerte e defenda os direitos de e como estudantes e cidadãos.

Participar de um Movimento Estudantil é ter responsabilidade social, é ter consciência e respeito pelo próximo, é estar preparado para lidar com as diferentes formas de pensar. É enfrentar as relações de poder, defendendo o interesse dos que nem sempre são consultados e, principalmente, ter noção de conjuntura do que acontece ao redor.

É, não é fácil participar do Movimento Estudantil!

Na maioria dos casos, os próprios estudantes desconhecem as atividades dos representantes estudantis. E, se não é por eles e pelo que reivindicam, a qualidade do ensino pode baixar e ninguém vai saber, que a Biblioteca pode não ter livros suficientes e ninguém vai se dar conta, ou que o currículo mudou, mas nenhum estudante sabe se a mudança foi boa ou não. E, pior, podem acabar com um curso e só depois avisarem. Pois é, depois eles são sonhadores e idealistas!

O que mais falar desses sonhadores? Eles andam pelos corredores, muitas vezes discutindo suas idéias de maneira tão acalorada, que parece não haver mais nada importante à volta, e depois, estão um de cada lado segurando a mesma faixa.

Esse é o bom e velho Movimento Estudantil que já foi tão respeitado na época da ditadura, brilhou novamente com os caras pintadas, mas seus componentes continuam sendo chamados de idealistas, loucos ou sonhadores.

Interessante! Não se entende porque, depois que muitos desses saem de uma faculdade, mesmo idealistas e sonhadores, acabam tendo destaque até em nível internacional, como invejavelmente criativos, conscientes, reformadores e grandes profissionais nas mais variadas áreas.

O que mais se pode dizer? Talvez mais nada. Ou talvez pensar…

Ah! Só esqueci de falar! Sou mais um sonhador e idealista do Movimento Estudantil e tenho orgulho disso.


Autor: Saulo da Silva Gil

Publicado no Jornal Terceiro Grau ( Jornal do DCE da Ulbra) ano IV nº 25 março de 2005

Publicado no Jornal Terceiro Grau ( Jornal do DCE da Ulbra) ano Ix nº 42 março de 2007

Publica no Jornal O TIMONEIRO – Canoas, 20 a 26 de março de 2009

Postagemns Relacionadas

CANOAS – Trabalhado...
   Como venho falando, a saúde de nossa Canoas só piora! Os trabalhadores da saúde fizeram milagres dentro das péssimas condições e falta de
CAMINHADA EM HOMENAGEM A ...
Participei da 8º Caminhada em Homenagem a Linha de Xangô e contra a Intolerância Religiosa, organizado pela Federação Afro Umbandista e Espiritualista do Rio
FORMATURA DA FUNDAÇÃO U...
Na noite de ontem (19), ocorreu a formatura da FUG RS na sede do PMDB Canoas, na oportunidade minha esposa Ivana Santos Barbosa Gil
Homenagem do Jornal O Tim...
Homenagem do Jornal O Timoneiro para os Canoenses! Eu não fiquei de fora! Em ritmo de Natal! Acesse o site >>> Jornal O Timoneiro
MARKETING POLÍTICO E RED...
Na noite de ontem (19), fui mediador da Fundação Ulysses Guimarães, no módulo de Marketing Político e Redes Sociais que ocorreu na sede da
Mapa Virtual do Povo de T...
E o Mapa Virtual do Povo de Terreiro de Canoas, criado pela Diretoria das Políticas das Diversidades e Comunidades Tradicionais, da Secretaria de Direitos
OPNIÃO SOBRE O VOTO EM L...
A meu ver, o voto em lista é uma forma que os “velhos caciques” da política encontraram para tentar se perpetuarem no poder. É
SAÚDE LGBT
Na manhã de hoje realizamos uma reunião com o Ambulatório LGBT de Canoas, o Grupo de Homens Trans – Super Homens e a Diretoria
AÇÃO ENTRE AMIGOS
No último domingo (10), estive participando de uma Ação entre amigos no Bairro Mathias Velho. Com grande participação da comunidade, o evento organizado pela
Fórum inter-religioso pr...
No momento que o mundo vive conflitos que se mascaram sob as diversas manifestações de crenças, a Diretoria das Políticas das Diversidades e Comunidades

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.